Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A cerejeira

Sábado, 14.04.12

 

 

 

Da flor aos frutos – a celebração:

a frágil floração anunciando

que na pureza se colora o sangue

que no altar da terra é devoção.

 

Surgiu como a beleza – nos confins

do tempo em que nasceu a primavera:

por isso nela nunca o branco finda

porque o vermelho nele se conserva.

 

 

 

Seu ramos de manhãs tão generosos

dobram-se ao peso da prosperidade,

e felizes nas dávidas dobradas

aguardam bocas ávidas donosas.

 

Renega a dor, a deusa da alegria!

Mitiga sede o leite dos seus seios!

Senhora humilde vigilante dizem

que protege a fartura das colheitas.

António Salvado

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por VANDOVSKY às 17:18


1 comentário

De Existe um Olhar a 16.04.2012 às 18:52

Lindas as fotos, nunca vi nenhuma ao vivo.

Manu

Comentar post





      

mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Abril 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930






comentários recentes

  • VANDOVSKY

    Obrigada... Bom Ano...

  • Milton

    Uma singela postagem.Cordial abraço e um excelente...

  • linda

    Saudades dos que a minha avó fazia:'(

  • VANDOVSKY

    Parece que finalmente encontrei a música que falta...

  • Libania Neves

    Ora aqui está um post, que é uma verdadeira lição ...

  • Libania Neves

    fiquei com vontade de conhecer!

  • Libânia

    belo e "doce" post!

  • Existe um Olhar

    Adorei esta ideia dos puzzles! Pequenos detalhes q...

  • VANDOVSKY

    Olá Manu,Tal como comecei por dizer neste post, es...

  • Existe um Olhar

    Um passeio muito bonito que fiz através do teu olh...