Domingo, 17 de Maio de 2009

Um passeio pelo Alto Alentejo

Por terras de Castelo de Vide e do Marvão

 

Castelo de Vide

 

 

 

Vila do Distrito de Portalegre, sede de concelho e comarca, situa-se a 628 m de altitude, a meia encosta de uma das colinas da serra de Marvão, contraforte da serra de São Mamede.

 

Esta vila, das mais castiças povoações alentejanas, pela pujança da vegetação que a circunda é por vezes designada "a Sintra do Alentejo". Mantém dentro do perímetro das muralhas um notável conjunto de obra de arte, tais como:

 

IGREJAS

 

 

  

FONTES

 

CASAS NOBRES, PORTAIS GÓTICOS e a JUDIARIA, com as suas ruas tão características

De grandes tradições são as festas populares de Castelo de Vide, que acontecem ao longo do ano. Pelos Santos Populares as ruas enchem-se de fogueiras, onde se queima o rosmaninho e à volta das quais se dança.

 

Mas a grande festa é a Páscoa, que tem início no Domingo de Ramos com a bênção dos ramos e a Procissão do Senhor  a caminho do Calvário.

 

Na quinta-feira Santa, realiza-se a visitação às igrejas e capelas, (existem 24 em Castelo de Vide). Na sexta-feira Santa celebra-se com grandiosidade o enterro do Senhor.

 

No sábado Santo a festa começa de manhã com a bênção dos cordeiros. Os rebanhos entram na vila, são benzidos e seguidamente vendidos e mortos. As peles são adquiridas por negociantes que ali se deslocam propositadamente. Às 22 horas realiza-se o Cortejo da Aleluia, que acompanhado pela banda, sai da igreja matriz e percorre toda a vila, seguido por centenas de garotos agitando chocalhos, cujo o ruído chega a abafar o som da música.

 

No domingo realiza-se a procissão da ressurreição, na qual participam todas as entidades públicas do concelho e o estandarte da Câmara é transportado pelo vereador mais jovem.

 

Na segunda-feira (feriado municipal), coincide com a Romaria de Nossa senhora da Luz. As pessoas reúnem-se para comer, como exige a tradição, as pernas assados dos borregos.

 

Em Agosto, na Romaria de S. Roque e S. Mamede (no Forte de São Roque), há sempre um lavrador que traz um rebanho de cabras que são ordenhadas no próprio local e cujo leite é distribuído pelos assistentes.

 

A vila também é conhecida pelas suas famosas águas; são três as nascentes desta estância hidrológica: a da Ribeira da Fazenda do Arco, a da Fonte da Vila (recomendadas no tratamento do reumatismo e das doenças de pele) e a da Fonte da Mealhada (recomendada no tratamento das doenças do estômago.)

Artesanato local

 

 

 Marvão

O Castelo de Marvão, do século XIII, surge no alto de uma escarpa abrupta, como que fazendo parte do monte onde está implantado, a 850m de altitude. Conserva a cintura de muralhas e a bela torre de menagem donde se desfruta um dos mais belos panoramas do País; tem perto dele uma porta que remonta ao século XII.

 

Os Paços do concelho ostentam  o escudo e a esfera armilar de D. Manuel I.

 

Segundo crónicas muito antigas perpetuadas na tradição popular, a imagem de Nossa Senhora da Estrela existente no convento do mesmo nome vem do tempo dos Visigodos e foi escondida aquando da invasão árabe para a preservar do sacrilégio.

 

Conta-se que, após a reconquista de Marvão pelos cristãos, andava um pastor guardando gado por aquelas paragens quando certa noite foi atraído por uma estrela de extraordinário brilho. Aproximando-se, subiu o monte, e aí encontrou a imagem num recanto das penedias. esse esconderijo foi transformado em rústica capela onde a Senhora da Estrela esteve exposta à veneração dos fiéis durante muitos anos, até à construção do actual convento.

  

 

 

 

 

 Flor da Rosa...

 

 

 

 

 

 

 Bibliografia: "À Descoberta de Portugal", Difusão Cultural, 1988

      "Guia Turístico de Portugal de A a Z", Circulo de Leitores, 1990

tags:
publicado por VANDOVSKY às 19:05
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Maria Soares a 19 de Maio de 2009 às 09:19
Bom dia!
Como castelovidense agradeço a visita, mas tb me sinto no direito, senão obrigação, de fazer uma pequena correcção: o feriado municipal de Castelo de Vide é sempre na segunda-feira seguinte ao dia de Páscoa, não na sexta-feira, como indicou.
Espero que tenha tido uma boa estadia e volte mais vezes.
Um beijinho
Maria da Conceição
De VANDOVSKY a 19 de Maio de 2009 às 16:49
Agradeço a correcção, que desde já ressalvo e...
Obrigada pela vista a minha página!!
Vandovsky

comentar post...

                     Este    Blog              utiliza     o      Google                  Chrome

restos de mim

encontre outros restos

 

Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30


novos restos

Primavera

Inscrição para uma lareir...

A neve

Quando Está Frio no Tempo...

David Bowie... Sempre

Winter Wonder

Menino

Clandestinos do Amor

UPI na Escola

Momentos de inspiração VI...

Momentos de inspiração VI

Momentos de inspiração V

Palavras de mãe

Dá-me um beijo

Dia nacional do estudante

Dia da mulher

Vamos adivinhar II

O Vento que soa...

De passagem por Monsanto....

A cerimónia do chá II

restos conservados

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

mais inspiradores

tags

todas as tags

restos especiais

Música Tradicional da Bei...

A minha Aldeia

My favourite time of year

Aldeias Históricas... e n...

Momento musical


outros caminhos


Be Happy!!

Directorio de Blogs Portugueses